quarta-feira, 11 de março de 2009

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Desktops Independentes




















E ae galera, essa vai ser uma rapinha!!!!
Então, vou falar um pouco dos Desktops que os Sistemas Operacionais livres oferecem.
O que seria isso?
Nada mais que várias áreas de trabalho abertas simultaneamente, trabalhando dependentes ou independentes.
Onde está circulado na foto, acima, você vê os programas que estão abertos e quantos.
Os quadrados maiores representam os Desktops, nesse caso, eu usei o Solaris que disponibilizou 4 desktops e os menores em cor braquinha, os programas abertos dentro dos desktops. Creio que é possível aumentar o número deles, vi um tutorial na net, de um linux expandindo para 11 áreas de trabalho..
"A primeira foto foi recortada e posta aqui na segunda imagem.
Foram, recortados os pedaços da primeira e terceira imagem, comparando-as na segunda imagem, ou, mostrando 2 desktops sendo usados ao mesmo tempo."
Isso funciona basicamente com o mesmo princípio das abas de um navegador de internet.
Você entra onde você quiser, e se alguma coisa acontecer, acontece em uma aba, ou em um só desktop, sem problemas com esse negócio de travamento e tal, se travar uma, somente essa trava, as outras funcionam tranquilamente...
Analogicamente para com o funcionamente de um navegador, funciona assim as desktops..
No Open Solaris que instalei, pude usar 4 Desktops que já vieram da instalação...
Porém no ubuntu 8.1 que instalei veio disponível 2 desktops somente....
Então varia para S.O.


Isso também é uma boa ferramente pra quem usa várias coisas e até se perde no seu próprio Desktop. Deixa mais visível a área de trabalho e mais rápido e fácil visualizar todo seu conteúdo.

Espero que tenham entendido o recado.
Vou colocar mais embaixo fotos do ubuntu..
Essas foram feitas no OpenSolaris, instalado no virtaul box.

domingo, 16 de novembro de 2008

APRENDA FLUXOGRAMA

APRENDA FLUXOGRAMA DE UM JEITO FÁCIL...
E SEM ERROS...
OU SE TIVER..SÓ BOTAR A CULPA EM ALGUÉM..
KKKK

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Livres e Diferentes

E ae galera...continuando com a parte de software livre...
Primeiro depois de ter lido algumas matérias sobre máquinas virtuais e depois de ter usado o Virtual Box, que recomendo agora para vocês. Pelo que eu vi, não há reclamações desse software para quem quer brincar de instalar vários sistemas operacionais no pc sem precisar formatar ou particionar HD e toda aquela burocracia lenta que é sempre....(nossa que analogia, mas é muito demorado mesmo.).
Em príncipio o Virtual Box (Da Sun Microsystems) é um ótimo software, não tive muito com o que reclamar é leve, prático, rápido e não exige muito de seu processador como o VMWare (Um software de criação de máquinas virtuais também, como o Virtual Box), já esse ultimo exige bastante memória e é bem maior que o seu concorrente, da Sun.
Continuando, a Instalação do Virtual Box é facim facim......E também mais fácil ainda a instalação do Open Solaris DENTRO do Virtual Box enquanto o Windows opera normalmente (Interessante)...




Como vocês podem ver é um Sistema Operacional dentro de Outro S.o., Basicamente é assim que funciona os emuladores ( emulam um ambiente para que aplicativos rodem nele, grosseiramente é isso).
O Open Solaris pede uma senha para entrar e quando se entra seu Desktop é igualzinho o do Linux (Versão Ubuntu)....
Para quem conhece o pinguinzinho se dá bem com esse open software porque têm interfaces muito parecidas..
A diferença entre esse sistema operacional e outros é que ele usa outro tipo de sistemas de arquivos..
Enquanto o Windows usava Fat, depois passou a ser Fat32 e agora NTSF, o Open Solaris usa um sistema de arquivos chamado ZFS (cliquem no link e descubram o que é isso tudo!!!!)....
Uma diferença de performance é que o Windows Xp exige menos memória para funcionar do que o Open Solaris...
Mãããss, o Open Solaris é S.O. num nível maior que o do Windows Vista.... Isso mesmo, ele é um ótimo software, livre ( Issso mesmo, você não paga nada por ele, enquanto para se ter o Vista vc paga um olho do seu rosto né, fala sério..) e de fácil distribuição...
Todo mundo já apertou Ctrl+ Alt+Del e entrou no monitor do Windows(monitor de Cpu, memoria, rede, etc..)



Na verdade como podem ver o Windows o chama de "Gerenciador de Tarefas"..
Esse cara Teoricamente monitora seu CPU( Central processing Unit) e mostra o estado dele, não só dele , mas da rede, softwares, processos do So, etc..
Para você saber se seu Pc funciona bem fique atento nesses números e o que é cada coisa...
Já no Open Solaris você tem algo parecido também...Na verdade, praticamente, em todos os So agora tem sido assim...
Todavia no Open Solaris as coisas ocorrem um pouco diferentes...Além dele mostrar pro usuário as coisas básicas que já o windows mostra ele vai um pouco mais além...
Como em uma das Abas onde tem "processos' , "aplicativos" e outros no Windows, no Solaris ele te mostra a memória swap o desempenho dela e o quanto o SO usa...(swap - memoria, o pc pega do disco rigido e transforma em memoria virtual) ou seja um histórico do swap pra vc..
e também mostra o sistema de arquivos que está usando, quais o arquivos está usando pra poder fazer com que o sistema operacional rode de boinha (perfeitamente)...



Isso é muito bom para quem quer aprender como funfa(funciona) todo o sistema operacional, é basicamente por trás dos bastidores..."Ainda estou explorando"..
mas é muito bom esse sistema, mais estável também como o linux...
Porém precisa de um pc um poquinho mais poçante com um 1gb de memoria no minimo e um bom processador...
Recomendo!!!!
OBS: NOS LINKS ESTÃO INFORMAÇÕES SOBRE O QUE É CADA PALAVRA NO TEXTO...
:D

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Linux, GNU/Linux, Unix... o que é isso tudo?

Fala galera, hoje vamos falar um pouco sobre software livre, não só um conjunto de palavras... Muito além disso, é uma ideia, um ideal a ser seguido. As vezes não temos idéia de como algo é importante, so quando o perdemos. Para que isso não aconteça com o software livre, temos que ajudar também! Mas ai você me pergunta: "Mas como eu posso ajudar? Isso nao tem nada a ver comigo! por que devo me preocupar?". A essas pessoas que pensam assim eu realmente peço que leiam esse post por completo, a sua ajuda não só é indispensável como você poderá convencer outras pessoas da mesma coisa.

Software Livre
Aqueles que se interessarem pela história eu recomendo que vejam
aqui, mas so para efeito de explicar o conceito, o software livre foi nada mais do que uma idéia que surgiu na cabeça de um cara que achou que tudo podia ser diferente. Em uma época que homens ainda eram homens e conseguir drivers para algum dispositivo aconteceria só se você os fizesse, os softwares proprietarios dominavam o mundo, isso é injusto a julgar o fato que o conhecimento tem que ser partilhado, não adianta nada eu saber alguma coisa pra mim mesmo, pensando nisso Linus Torvalds criou através de seu ideal e habilidade um sistema operacional a partir do Minix (que era livre na época para alterações), que é o Linux. Isso mesmo, o Linux representa só a parte do núcleo do sistema, aquilo que se comunica diretamente com o hardware. Na mesma época, havia uma empresa que criava pacotes de software conhecida como GNU, sendo eles utilitários, pacotes pra escritório, planílha eletrônica, enfim todo o tipo de software, a qual tentou pedir o código para fazer um driver para uma empresa proprietária e não foi habilitado a fazer pois a empresa se recusou, enfim o que faltara para que seu "quase sistema" viesse a ser lançado era justamente o núcleo de um sistema operacional. Foi que os dois se uniram formando o que conhecemos como GNU/Linux. GNU/Linux é nada mais que a união de uma empresa que faz pacotes de software livre de todo o tipo (GNU) rodando em cima do núcleo Linux. Então quando ouvimos falar do Linux, provavelmente a pessoa está se referindo ao sistema completo (GNU/Linux), que não deve se esquecer de ser mencionado pois ambos tiveram muita importancia no que conhecemos hoje como software não proprietário.

Hoje, centenas (senão todos) de servidores mais importantes de todo o mundo são movidos a software livre, porque são mais seguros, são mais estáveis para o que eles são construidos e melhor, são adaptaveis a cada caso, sem a necessidade de aderir a um padrão definido. Além de tudo isso, essas alterações - que colocaram os servidores que suportam a internet ai na sua casa pela qual você está lendo esse blog - são totalmente grátis, de forma a dar a liberdade suficiente. Hoje é possível para aqueles que entendem um pouco a mais, fazer um sistema operacional quase perfeito para seu tipo de hardware, e também na parte gráfica, tornando assim a idéia de aderir e se especializar no GNU/Linux muito mais atraente. Pense nisso e divulge, afinal o conhecimento (software livre) foi feito pra ser divulgado e disceminado. Não seja mais um dessas pessoas que implantam quase que uma religião, fazendo lavagem na sua cabeça dizendo: "Você não pode ir para o novo, você precisa ficar no velho!". Abra sua mente e tente o GNU/Linux pelomenos para testar, garanto que você vai ter uma idéia completamente difeerente quanto a sistemas operacionais!

Anos ineiros de luta contra o software pago resultaram nisso que vivemos hoje, um mundo teoricamente livre, vamos contribuir para que continue assim!



Você que não acreditava que podia fazer diferença, agora pense... O software livre é um bem tão grande quanto o Google (que é sustentado por servidores rodando Unix) então vamos divulgar essa idéia para nossos conhecidos, mas não esqueça de dar crédito a todos que merecem (GNU).

Se quizer encontrar uma distribuição do GNU/Linux que é a sua cara então entre num dos maiores sites de GNU/Linux do Brasil clicando
aqui.



E não se esqueçam, eles estão por ai mas nós estamos de olho!!! hauhauahuah Pense nisso!


Fluxograma de sua crença: aqueles que deixam você pensar v.s. aqueles que não te deixam ser livre